POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Peixoto e Gonçalves

na mídia

Peixoto e Gonçalves

Com a Lei Geral de Proteção de Dados (Lei nº 13.709/18) que vigorará no País a partir de agosto de 2020, surge a necessidade de adaptação institucional as novas exigências legais.

Porém, mais do que aplicar a conformidade com a lei, nosso escritório quer que clientes, parceiros e usuários sintam-se seguros em relação a como seus dados pessoais são tratados.

Sua privacidade e sua segurança são muito importantes para nós!

A política de privacidade é mais um canal de comunicação entre nosso escritório, clientes, parceiros e usuários. Por isso, transparência, seriedade e responsabilidade são fundamentais nessas relações.

Nesta sessão você saberá tudo sobre os dados pessoais  coletados, armazenados e tratados pelo nosso escritório.

 

Como coletamos os dados pessoais de usuários do site?

A coleta de dados se dá das seguintes formas:

a) Quando o usuário preenche o formulário de contato:

Na página “contatos”, caso deseje, o usuário ou cliente em potencial poderá tirar dúvidas pontuais sobre alguma questão jurídica. Para tanto, pode preencher o formulário de contato com informações básicas como nome, e-mail, assunto e a dúvida ou questão jurídica.

b) Quando o usuário se cadastra para comentar um post no blog:

Na seção “novidades”, o usuário encontra artigos com temáticas de utilidade pública que importam ao direito e à sociedade. Após a leitura de um artigo ou post, caso deseje, o usuário pode comentá-lo ou compartilha-lo.

Para tanto, deverá preencher o campo específico com informações cadastrais básicas, como e-mail (login) e inserir uma senha. Assim, estará logado para fazer um comentário respeitoso e pertinente. Igualmente, é possível efetuar o login com uma conta do Facebook, Twitter e Google +.

Para compartilhar algum artigo, o usuário pode acessar sua conta pessoal do Facebook, Twitter, Google + ou copiar o hiperlink do artigo ou post. Nosso escritório não captura os dados pessoais ou informações em nenhuma dessas operações.

Quais dados pessoais dos usuários coletamos e para quais finalidades?

Todos os dados pessoais que coletamos têm utilidade prática  correspondente com a finalidade de atender inicialmente o usuário ou cliente potencial em suas questões primeiras e, também, propiciar uma melhor experiência de navegação, nutrindo o usuário de informações jurídicas de alta qualidade.

Assim, os dados pessoais: nome, e-mail e dúvidas pontuais são coletados e armazenados por tempo determinado, com os objetivos de atender os usuários e aprimorar a prestação de serviços, fornecendo uma melhor experiência em nosso site.

Há compartilhamento dos dados com terceiros?

Não compartilhamos os dados dos usuários com terceiros, em hipótese alguma. Fica ao arbítrio e sob responsabilidade do usuário compartilhar ou comentar as informações de artigos e posts, se assim o desejar, em suas redes sociais.

Como é a política de conservação e eliminação dos dados?

Nosso escritório conserva os dados dos usuários por tempo suficiente a eventual prestação de serviços, usando-os de forma legítima nas decisões de negócio, cumprindo a legislação ética aplicada à advocacia e/ou para cumprir exigências legais.

 

Importante: você pode a qualquer momento e sem quaisquer ônus requerer a exclusão dos seus dados pessoais. Para tanto, pedimos que envie um e-mail para peixotoegoncalvesadvogados@gmail.com com o assunto “exclusão de dados pessoais”.  

Por fim, quando você insere seus dados pessoais básicos para contato inicial ou comenta nossos artigos e posts, estando ciente e esclarecido das finalidades de cada uma das coletas, você estará concordando com os nossos termos de privacidade.    

Peixoto e Gonçalves

na mídia

Acesse:

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube

Instagram

Facebook

YouTube

© 2018 por Bazzo (@bazzofotografias)